Menos é mais.

Quando me deparei com um punhado de roupas que não faziam mais sentido pra mim, resolvi que elas precisavam passar por um filtro.E fiz isso várias vezes. Faço isso várias vezes. Porque quanto mais eu desentulho o meu guarda-roupa, mais eu conheço sobre o meu estilo e a minha personalidade.

DSC_2692.JPG

Sou adepta da corrente de pensamento que acha que a moda é reflexo do nosso interior, uma forma de expressão. E penso que esse processo é muito relevante, quase essencial, para quem quer se conhecer melhor.

E é isso que estou buscando fazer. Buscando nossas maneiras de me expressar, roupas que reflitam o que eu quero transmitir, e que me tragam um plus de alegria, confiança e autenticidade pro meu dia a dia. Afinal, porque se arrumar e amar o que está usando apenas em dias especiais?

Se eu pudesse contar todas as roupas que eu me desfiz desde que iniciei esse processo, no começo do ano, provavelmente daria algo superior a 50 peças, entre blusas, calças, shorts e sapatos. Algo bem grande, mas que não me faz falta alguma.

Ter menos me faz ter facilidade de pensar, de escolher e de usar tudo o que eu tenho no meu guarda-roupa. Me faz ter o que me faz feliz de fato e iniciar um processo de conhecer meu estilo, e conhecer minha forma de me mostrar para o mundo.

Tenho várias coisas para dizer sobre esse assunto, e vou compartilhando com vocês.

Prazer, Letícia, numa nova versão.

Anúncios

Você não precisa.

É, talvez você não precise ser alta, nem baixa. Não precise ser magra, nem gorda. Não precise ser loira, nem morena, nem ruiva, nem grisalha, nem colorida. Talvez não precise de nada disso não, e a sociedade pode até tentar sempre, ao longo da história, estabelecer um padrão, mas ele só será aceito, se você permitir.

Já quiseram que fôssemos ora gordinhas, ora esqueléticas, também já quiseram que fôssemos ora altas, ora baixas, quiseram também que tivéssemos os mais diversos tipos de corpos. Cintura fina? Ombros largos? Quadril e seios avantajados? Ou sem tantas curvas assim? Continuar lendo “Você não precisa.”

Seus sonhos valem a pena?

Pode ser que seu sonho não seja tão transformador dos 7 mares, nem seja tão grandioso que vá mudar o sistema pelo qual o mundo é regido. Talvez seu sonho seja ter filhos, talvez seu sonho seja escrever um livro, talvez seu sonho seja mudar a vida de pessoas com sua ajuda, ou então, pode ser que seu sonho seja simplesmente ser feliz.

Seja qual for o seu sonho, ele deve ser vivido, pois nenhum sonho é em vão. Ele teve um motivo para surgir no seu coração, ele teve uma força superior acreditando nele e dizendo que ele vale a pena ser vivido. Continuar lendo “Seus sonhos valem a pena?”